A l’approche do dia da mãe (2 de maio) au Portugal et de la fête des mères (30 mai) en France, voici un beau cadeau pour toutes les mamans, « O xaile de minha mãe », un fado que l’on doit à Adriano Reis, qui a été chanté par les plus grands fadistes, et qui exprime avec émotion, à travers un châle qui passe de génération en génération, l’amour que l’on a pour les siens, surtout lorsqu’ils ne sont plus là et qu’il ne reste que les souvenirs, ou un vêtement, comme une relique, auxquels on peut se raccrocher.

O xaile de minha mãe
Que me aqueceu com carinho
Mais tarde serviu também
P’ra agasalhar meu filhinho

Diz meu filho com amor
Nem um manto de raínha
Para mim tem mais valor
Do que o xaile d’avózinha

Com suas franjas brincava
Ou dormia docemente
Quando minha mãe cantava
As canções de antigamente

Não há relíquia mais linda
Que o xaile dos meus afectos
Quem sabe se serve ainda
Para agasalhar meus netos

A ambição desmedida
Que minha alma contém
Era vê-lo toda a vida
Aos ombros de minha mãe

Youtube : João Silva, O Xaile da Minha Mãe